FANDOM


"Backlash" é o conjunto de reações (discursos, ideologias, teorias, mídia) ao feminismo, com propósito anti-feminista, apresentado na cultura. A noção se tornou popular com olivro de Susan Faludi, intitulado "Backlash'. Nele a autora analisa criticamente o discurso produzido a partir de um certo momento, de que o feminismo já teve seu tempo, já morreu, que já foram conquistados direitos.

O anti-feminismo traduzido em teoria pós-moderna são os ataques ao feminismo desde dentro dele, sob nome e feminismo. A idéia de backlash é identificar tudo que é ataques ao feminismo e esforços em conter os avanços das mulheres.


Feminismo Radical e Backlash

Uma feminista radical explica assim o Backlash: "O liberalismo ('terceira-onda, feminismo liberal - que inclui o queer e pós-estruturalismo, transfeminismo e afins) não passa de um golpe ao feminismo. Apresentada de forma conservadora e em uma idéia muito fácil de vender e de colocar na cabeça das pessoas - principalmente as mais jovens -, não desafia o patriarcado em absolutamente nada, apenas serve pra dizer que feministas da segunda-onda são exageradas, misândricas, femistas e pra vender essa falsa idéia de liberdade pras garotas - assim fica mais difícil delas enxergarem suas correntes e poderem se libertar. Assim, a terceira onda não passa de uma estratégia liberal e pós-moderna de invisibilizar a raiz da opressão e inserir machos. A terceira onda basicamente ataca e persegue feministas radicais, e algumas correntes colocam mulheres como opressoras, dai também relacionada com o conceito de interseccionalidade."

Outra diz:

"Em face ao backlash (que se apresenta na forma do pós-modernismo, queer e outras manifestações atuais de ideologia patriarcal) a tarefa do feminismo radical é re-assertar, re-afirmar, o que feminismo é. e isso não é arrogância, é um compromisso ético que temos com todas mulheres."


Frases:

Julie Bindel, feminista lésbica radical inglesa, nos dá a seguinte fórmula para distinguir entre o que é colonização do feminismo pelo malestream, e o que é feminismo de fato:

"Se homens gostam dum tipo particular de feminismo, significa que ele não está funcionando" julie bindel


Queer como Backlash:

A 3a onda, o queer, o posestruturalismo, o posmodernismo, ele é concebido pelos homens. Seus principais teóricos são machos gays sadomasoquistas ou misóginos como foucault, deleuze, derrida, lacan..... psicanálise é a base de maior parte dos feminismos estudados nos estudos de genero (como Judith Butler por exemplo). Segundo as feministas radicais, só tem um nome a ser dado a isso, e é bem simples: ideologia patriarcal.

Queer redefine feminismo a favor de homens, é uma teoria colonizada pelos homens gays.

É a revolução sexual colonizando feminismo. apresentando comportamentos de risco e destratamento do próprio corpo, exposição dele, e prática de sexo em qualquer contexto, sexo como inerentemente bom, colocando transgressão como valor máximo, só descuida as pessoas e principalmente as mulheres. Parece que é uma leva de mulheres e lésbicas saídas agora de terem sido abusadas anos nessas merdas, fazendo várias vítimas entre sobreviventes de abuso e minas lésbicas com histórias pesadas de lesbofobia.

Quando fala que socialização não importa = homens gays com autoridade no nosso movimento e idéias. Teoria feminista sendo apropriada pelos homens gays!